O Diferente

Objetivo:
Aceitar as diferenças como pluralidade e riqueza.

Número de pessoas:
Indiferente.

Material necessário:
Três quebra-cabeças do Zé Gabiroba (verso).

Como Fazer:
Os participantes da dinâmica formam três grupos. Cada grupo deverá ter um líder. Distribuí-se as peças do quebra-cabeça para os três grupos. As peças deverão estar misturadas. Grupo 1 – quebra-cabeça verde e algumas peças do quebra-cabeça amarelo. Grupo 2 – quebra-cabeça amarelo (o restante) e peças do quebra cabeça misto, mas que sejam iguais as do amarelo. Grupo 3 – o restante das peças do quebra-cabeça misto. 1)Os grupos terão 2 min. para montar o quebra-cabeça. 2)após 2 min., se retiram os componentes de cada grupo permanecendo apenas os líderes e estes terão 15s para trocar as peças do quebra-cabeça entre si. 3)Após os 15 s, os líderes voltam para seus respectivos quebra-cabeças e também retornam os outros componentes; os quais tentarão montar o personagem. 4)Repete-se os passos 1, 2 e 3 até que se gere uma polêmica, pois não haverá mais peças a serem trocadas pelos líderes. Neste momento reúne-se todos os grupos para conversar sobre a dinâmica. Algumas questões para a conversa: – Qual a opinião dos participantes sobre a dinâmica? – Qual a dificuldade em montar o quebra-cabeça? – Dê exemplos de diferentes em nosso cotidiano? – Como deve ser tratado o diferente? Serão três quebra-cabeças: 1 verde, um amarelo e 1 misto (verde e amarelo). Uma peça do personagem terá que ser verde nos três quebra cabeças e outra terá que ser amarela nos três quebra-cabeças.

Observações:
Esta dinâmica pode ser usada em reuniões que tratem sobre temas relacionados aos preconceitos contra negros, homossexuais, deficientes, etc.

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

 Pastoral da Juventude

Site oficial da Pastoral da Juventude, organização de jovens ligada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB