PASTORAL DA JUVENTUDE DA REGIÃO NORTE ENVIA CARTA AOS BISPOS DA AMAZÔNIA

10003180_646725068698387_307671008_n
Os bispos da Amazônia, reunidos em Manaus, ouviram, na manhã dessa quinta-feira (23), as palavras das juventudes de toda a região Norte, que se manifestaram por meio de carta enviada pelos coordenadores nacionais da PJ dos Regionais Norte 1 (AM e RR), Norte 2 (PA e AP) e Noroeste (AC, RO e sul do AM). No texto, a reafirmação do compromisso com a vida da região e dos povos que nela residem, além da disposição na efetivação da vivência do Sínodo da Amazônia.
A leitura do texto foi feita pelo presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude (CEPJ), Dom Vilson Basso. Para o representante do Norte 2 na coordenação nacional da PJ, Bruno Costa, o Sínodo representa um momento de extrema importância para a ação da PJ, uma vez que tem um olhar especial para a defesa da vida dos povos originários e tradicionais, além de contribuir para inspirar um trabalho conjunto.
O jovem ainda destacou que a carta deixa claro aos bispos que a PJ da região está unida e disposta a contribuir. “A PJ, como uma das maiores organizações de Juventude da Igreja, pode ajudar no estudo e formação da ‘Laudato Si’, além de ajudar a compreender a ecologia integral e, com isso, fazermos uma nova morada do projeto de Deus na Amazônia”, salienta.
O texto lembra dos encontros nacionais da PJ realizados na região: Manaus (2015) e Rio Branco (2018). Além disso, relata aos bispos as atividades que vem sendo realizadas na perspectiva de fortalecer a Rede Eclesial Pan-Amazônica (REPAM).
“A PJ do Brasil e em especial dos regionais Noroeste, Norte 1 e Norte 2, que compõe a Amazônia, estão se colocando ao serviço da escuta dos povos e das Juventudes da Amazônia. Muitos passos já forma dados para avançarmos, um deles foi o Ofício Divino da Amazônia que floresceu do Regional Norte 1, para ajudar no canto, na reza, e em uma espiritualidade que esteja em sintonia com a fauna, a flora e os rios da Amazônia. Outro passo foi o pacto do estreito de Óbidos, onde a PJ do Regional Norte 2 assumiu como prioridade a REPAM e o Sínodo da Amazônia. O Noroeste tem realizados seus momentos formativos nessa mesma tônica. É preciso expandir esse rosto amazônida, indígena e ribeirinho de Jesus”, afirma trecho da carta.
A construção da carta teve ainda a participação de Thalita Vasconcelos (Noroeste), Sammy Oliveira (Norte 2), Felipe Santos e Filipe Fialho (Norte 1).

Confira o texto completo:

Carta da PJ na Amazônia ao encontro dos Bispos da Amazônia

n1n2

no

A Pastoral da Juventude (PJ) presente na Amazônia, a partir dos Regionais Norte 1 (Amazonas e Roraima), Norte 2 (Pará e Amapá) e Noroeste (Acre e Rondônia e sul do Amazonas), saúda todos os presentes no 3° encontro dos bispos da Amazônia legal, que acontece entre os dias 20 e 23 de agosto em terras Manauaras, as margens do rio Negro, que após unir-se ao rio Solimões, passa a chamar-se Rio Amazonas (rio/mar), que por sua imensidão interliga todos os cantos da nossa imensa Amazônia, assim como queremos estar interligados a vocês nesse encontro, no coração de nossa imensa Amazônia.

Em janeiro de 2015, a PJ de todo o Brasil também esteve neste solo sagrado de Manaus, durante 11° Encontro Nacional da Pastoral da Juventude (ENPJ), refletindo que “No encontro das águas partilhamos a vida, o pão e a utopia”, sob a iluminação bíblica: mestre onde moras? Vinde e vede! (jo 1, 38-39). Neste encontro fomos agraciados com uma mensagem do Papa Francisco, que em um trecho nos diz: “Joguem a vida por grandes ideais. Apostem em grandes ideais, em coisas grandes; não fomos escolhidos pelo Senhor para coisinhas pequenas, mas para coisas grandes!.” Chiquinho, como carinhosamente o chamamos, falou ainda que somos profetas da esperança.

Com essas provocações, retornamos as nossas bases ainda mais convictos de que deveríamos nos empenhar na evangelização da juventude e na defesa da vida e de nossas identidades como povo/caboclo amazônida.

No início de 2018 a PJ realizou o 12° ENPJ na cidade de Rio Branco, com o tema: “TXAI: Da seiva da vida a festa do bem viver.” Este foi momento para onde reafirmamos nossos pés na luta em defesa da vida das Mulheres e também na construção de uma Civilização do Amor que floresce a partir da vida dos povos tradicionais e originários. O TXAI é uma saudação do povo Huni-kuin que significa: “Mais que amigos, mais que irmãos, a metade de mim que habita em você.” A partir do Txai somos enviados para juntos e em ciranda para cuidarmos de nosso chão, cheio de vida e história.

Nesta carta queremos afirmar que a Pastoral da Juventude da Amazônia abraça, acolhe e se faz REDE ECLESIAL PAN-AMAZÔNICA, para juntos somarmos no clamor dos povos da Amazônia e, em especial, da juventude amazônida que sofre e é exterminada pelos grandes projetos. A PJ do Brasil e em especial dos regionais Noroeste, Norte 1 e Norte 2, que compõe a Amazônia, estão se colocando ao serviço da escuta dos povos e das Juventudes da Amazônia. Muitos passos já forma dados para avançarmos, um deles foi o Ofício Divino da Amazônia que floresceu do Regional Norte 1, para ajudar no canto, na reza, e em uma espiritualidade que esteja em sintonia com a fauna, a flora e os rios da Amazônia. Outro passo foi o pacto do estreito de Óbidos, onde a PJ do Regional Norte 2 assumiu como prioridade a REPAM e o Sínodo da Amazônia. O Noroeste tem realizados seus momentos formativos nessa mesma tônica. É preciso expandir esse rosto amazônida, indígena e ribeirinho de Jesus.

Contem conosco para que juntos possamos encontrar novos caminhos para a igreja na Amazônia e para uma ecologia integral. Contem com nossas orações também, assim como temos rezado pelo nosso amado Papa Francisco.

TXAI,

Coordenações Regionais da Pastoral da Juventude

Norte 1, Norte 2 e Noroeste.

Abraçam e acolhem a proposta da REPAM e do Sínodo da Amazônia na luta pela vida dos povos, a Pastoral da Juventude dos Regionais Norte 1, Norte 2 e Noroeste e seus/suas respectivos (as) Secretários (as) Regionais e Coordenadores (as) Nacionais.

Regional Norte 1

Filipe Fialho
Arquidiocese de Manaus

(Secretário da PJ Regional Norte 1)

Felipe Santos
Diocese de Coari

(Coordenador Nacional da PJ Norte 1)

Regional Norte 2

Sammy Oliveira

Prelazia do Marajó

(Secretária da PJ Regional Norte 2)

Bruno Costa

Arquidiocese de Belém

(Coordenador Nacional da PJ Norte 2)

Regional Noroeste

Thalita Vasconcelos

Diocese de Rio Branco

(Coordenadora Nacional da PJ Noroeste)

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

 Pastoral da Juventude

Site oficial da Pastoral da Juventude, organização de jovens ligada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB