Teste de Memória

Objetivo:
Observar como a tese de que guardamos: “25% do que ouvimos, 50% do que vemos e ouvimos e 75% do que vemos, ouvimos e participamos” e que quando só ouvimos acrescentamos elementos subjetivos ao que ouvimos, e como isto altera a estória e por transposição aquilo que experimentamos.

Número de pessoas:
Indiferente

Material necessário:
Uma estória rica em detalhes. Pode ser usada a seguinte: “O rapaz taciturno e triste estava no ponto de ônibus lotada, que ia para Itapecerica, quando subitamente ouviu uma freada e um estrondo. Ao se aproximar do aglomerado de curiosos que se ajuntou no local, onde o Monza azul metálico do homem de terno, com maleta de executivo de grande empresa, havia batido no Fusca vermelho-vivo da loirinha com cara de miss Brasil que afirmava não ter seguro e que se dividia em dar razão ora a um, ora a outro, perdeu o ônibus que passou logo em seguida, e passando a meio caminho, ficou indeciso entre voltar frustrado para a casa ou esperar nervosamente pelo próximo horário”.

Como Fazer:
Escolher três pessoas que devem sair da sala ficando em lugar onde não possam ouvir o que será dito aos demais. Contar a estória às pessoas presentes na sala e pedir que observem o desenrolar da dinâmica com atenção. Chamar a primeira pessoas e ler para ela, pedindo que preste bastante atenção, uma vez apenas. Chamar a segunda pessoa e pedir que a primeira conte à partir de sua memória a estória. Chamar a terceira e pedir que a segunda conte o que ouviu da primeira. Reler a estória em voz alta para que se perceba quais elementos se acrescentaram e quais se omitiram durante a dinâmica.

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

 Pastoral da Juventude

Site oficial da Pastoral da Juventude, organização de jovens ligada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB