Quadrados Perfeitos

Objetivo:
Descobrir como a injustiça acontece em nosso meio e quais os sentimentos que temos diante dessa situação.

Número de pessoas:
Indiferente.

Material necessário:
Giz para desenhar três quadrados no chão (ou fita crepe para colar no chão), um por dentro do outro; pequeno, médio e grande; Um gravador; Música dançante.

Como Fazer:
Os participantes deverão estar em volta do quadrado maior . O animador explica que todos deverão entrar no quadrado maior, não podendo ninguém ficar de fora. O animador coloca a música e todos começam a dançar, quando a música parar inesperadamente todos tentam entrar no quadrado. Alguns ficarão de fora. Começa-se o mesmo processo no quadrado médio, onde muitos ficarão de fora. No quadrado pequeno deverá caber somente umas três pessoas. Essa pessoas ganharão bombons, balas, etc. Concluída a dinâmica todos comentam os sentimentos que experimentaram durante a mesma, os que ficaram de fora e os que chegaram ao final.

Observações:
Esta dinâmica pode ser usada em reuniões com temas sobre: injustiça, desigualdade social, competição, etc.

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

 Pastoral da Juventude

Site oficial da Pastoral da Juventude, organização de jovens ligada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB