PJ lança Subsídio sobre Política

SUBSÍDIO SOBRE CONSCIENTIZAÇÃO POLÍTICA

“Vem, vamos embora, que esperar não é saber. Quem sabe faz a hora, não espera acontecer” (Pra não dizer que não falei das flores – Geraldo Vandré)

A missão da Pastoral da Juventude sempre teve como princípio o seguimento à Jesus no seu projeto de construir o Reino de Deus: a Civilização do Amor. Isso sempre requereu muita coragem para lutar. Afinal, a fé viva e transformadora requer ações concretas e apaixonadas.

Assim, quando o Brasil passa por um dos momentos mais dramáticos de sua história, a PJ tem sido voz profética de denúncia, como foi também em outros momentos históricos. Os grupos de base têm denunciado sistematicamente a violação à democracia, os ataques aos direitos sociais garantidos pela constituição e o desrespeito aos direitos humanos.

A Campanha Nacional Contra a Violência e Extermínio de Jovens se tornou um marco de grito contra o extermínio das juventudes, sobretudo dos/as jovens negros/as. Pauta que não foi abandonada e segue ecoando enquanto muitos sinais de morte desafiam nossa atuação. Agora, outra campanha irrompe em todo Brasil trazendo o perfume de uma luta essencial: A Campanha de Enfrentamento aos Ciclos de Violência contra a Mulher. Proposta que tem sido abraçada pelos grupos no desafio diário de resignificar as relações e denunciar as violações ao que é mais sagrado para nós, seguidoras/es do Mestre: a VIDA.

Essas rodas de conversa também visam ajudar o seu grupo a olhar o momento das Eleições 2018 a partir da luta que a PJ tem feito nas mais de quatro décadas de atuação. A primeira delas tem como tema: “Juventudes e Construção de Direitos”. A partir das conquistas do Estatuto da Juventude, os/as jovens são convidados a reconhecerem seus direitos e a perceberem a importância de cobrar dos entes públicos que isso seja respeitado, promovido e implementado.

Na segunda roda, intitulada “Juventudes e Participação Política”, o grupo é provocado a perceber a força do protagonismo juvenil nas diversas lutas, sobretudo quando se organiza para a ação social, seja em manifestações, grupos, coletivos ou movimentos sociais.

A última roda, com o tema “Juventudes, Eleições e Direitos Humanos”, traz uma discussão bastante atual sobre o que são os direitos humanos e a importância de lutar por eles como um princípio de uma sociedade mais justa, igualitária e fundamentada no bem viver e na paz.

Esperemos que esse material ajude seu grupo nessa vivência. Ele é apenas um ponto de partida para toda a criatividade que, certamente, brota das lideranças que atuam aí na sua base.

Desejamos que o exemplo de Jesus em seu projeto inspire a atuação de seu grupo. Que Deus seja a força de esperança e Nossa Senhora possa interceder por cada um e cada uma.

Acesse o documento em: https://drive.google.com/file/d/1wVjySm-zcs1bUN69bvY2Tn4DhIvlzoGg/view?usp=sharing

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

 Pastoral da Juventude

Site oficial da Pastoral da Juventude, organização de jovens ligada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB