Campanha contra Violência e o Extermínio de Jovens

 Como forma de chamar a atenção para a violência contra jovens, as Pastorais da Juventude e Universitária da Arquidiocese de Feira de Santana, na Bahia, promoverão, no próximo dia 19, o 1° Seminário da Campanha contra a Violência e o Extermínio de Jovens. O evento está marcado para começar às 8h no auditório 2 da Universidade Estadual do município baiano. As inscrições podem ser feitas pela internet.

De acordo com Erik Nascimento, coordenador da Pastoral da Juventude (PJ) da Arquidiocese de Feira de Santana, a ideia do encontro é discutir sobre a violência e divulgar as ações da Campanha Nacional contra a Violência e o Extermínio de Jovens. Para isso, os/as participantes serão apresentados/as à Campanha e discutirão sobre os tipos de violência contra jovens mulheres, negro/as e juventude rural.

O seminário ainda promoverá discussões sobre segurança pública e painéis de "Experiências de movimentos de ações contra a violência”. A expectativa de Erik é que o evento reúna cerca de cem pessoas, entre jovens, universitários/as, integrantes de pastorais e organizações sociais. O evento, de acordo com ele, ainda contará com a presença do coordenador da Campanha Nacional contra a Violência e o Extermínio de Jovens, e de representantes do Conselho Estadual de Juventude e da Coordenação Estadual de Políticas Públicas para a Juventude.

O coordenador da PJ de Feira de Santana explica que a intenção é que sejam formulados posicionamentos da juventude sobre o assunto a partir das discussões das mesas de debate. "Queremos debater o porquê dessa violência e como enfrentar”, comenta, destacando o aumento da violência na região e ressaltando a maior vulnerabilidade de jovens negros/as e mulheres.

Violência em números

 Dados do Mapa da Violência 2012, realizado pelo Instituto Sangari, apontam que Feira de Santana registrou, em 2010, 342 homicídios, o que deixou a cidade em 24° lugar na lista estadual de municípios com mais de 10 mil habitantes com maiores índices de assassinato na Bahia. No ranking nacional, a cidade aparece na posição 152.

Em âmbito nacional, o estado da Bahia aparece em 7° lugar nos estados com mais altos índices de homicídios. Segundo o estudo, a Bahia registrou, em 2010, 2.215 assassinatos de jovens de 15 a 24 anos de idade.

Mais informações nos blogs da Pastoral da Juventude e da Pastoral Universitária de Feira de Santana ou no Facebook do evento.

 

http://www.adital.com.br/jovem/noticia.asp?lang=PT&cat=90&cod=68668

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

 Pastoral da Juventude

Site oficial da Pastoral da Juventude, organização de jovens ligada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB